quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Flashes 1


Vou começar outra seção, esta inspirada (ou copiada) no meu amigo Taiyo Omura, que lançou a seção 'lembranças'. Vou contar passagens da minha vida, sem começo nem final. Como uma foto que você vê e lembra do momento... Vocês vão entender.

"No primeiro jogo do returno (pós férias) fiquei no banco de reservas e nem entrei. Vencemos. Não entendi nada, pois estava com moral, tinha até propostas para sair do Coria-Espanha.

No domingo seguinte era clássico contra o Plasencia, nosso maior rival. Certeza de casa cheia, ótima oportunidade. Então, na reapresentação, terça-feira, impulsivamente (o que era normal), fui cobrar do treinador minha vaga de titular.

"- Porque saí do time, se estava tão bem?"
"- Por questões técnicas" respondeu.
"- Não tem nenhuma retaliação pelo atraso no retorno das férias ou pelas propostas que recebi?"
"- Não!"
"- Então, se eu jogar bem, volto pro time?"
"- Sim! Quero ver fazer, discurso pra mim não serve pra nada!"
"- Então aguarde!" desafiei, confiante!

Treinei como um leão. No dia do jogo ele disse "quero ver". Fui pro banco mas com a certeza que entraria no decorrer da partida e que resolveria aquele jogo.

Casa cheia; jogo duro; 0 a 0; chuva rala; 10 minutos do 2º tempo eu entro. Confiante, na primeira bola, driblo um e deixo meu companheiro na cara do gol. UUUUUHHH... olho para o treinador e ele aplaude. 

"Hoje é meu dia", pensei; No segundo lance, roubo a bola e sofro falta.

Quando fui pegar a bola, o adversário chutou minha mão e eu pisei no pé dele como revide. Cartão vermelho direto, só pra mim!!! Perdemos por 1 a 0, gol de penalti no final. Como o àrbitro sumulou minha atitude como agressão, ainda peguei um mês de suspensão.

Me ferrei de verde e amarelo em terras espanholas..."

6 comentários:

Taiyo Omura disse...

futebol é assim mesmo, vale tudo, dedo no olho, homem com homem, mulher com mulher, chute no saco, se possível tem que matar mermo.
ainda bem que tu saiu desse negócio. era matar ou morrer.

Angélica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica Arechavala disse...

Vai divulgar esse Trem?

O Bar do Meier fechou? Má administração?

até...
Angélica.
(Continuando a seção... frases soltas... sem sentido para uns e com com sentido para outros)

Álvaro disse...

Maneeeiro,Luís!!

Interessante o blog!

Anônimo disse...

O problema foi que o atacante que vc deixou na cara do gol era fraco.

Se fosse o PH, certamente ele faria o gol e te consagraria (e quantas e quantas vezes isso foi possível no campo 3 do Aterro...)

Abs, PH

Marcio disse...

Burro!